sexta-feira, 15 de maio de 2015

Criança pode usar esmalte?



Oi pessoal, estou passando por uma fase com minha filha onde tudo o que faço ela também deseja fazer. Inclusive passar esmalte. Mas será que tudo bem deixar as nossas filhas passar esmalte? Afinal já é até comum vermos meninas usando batom e esmalte de cores fortes como os adultos.

Eu sou daquelas mães que acredita que devemos respeitar cada fase da nossa existência e que não devemos estimular as crianças pularem etapas e os excessos do mundo adulto. Afinal elas terão muito tempo para isso.

O ideal para iniciar qualquer procedimento estético, inclusive passar esmalte é aos 12 anos. A pele da criança é naturalmente mais suscetível a irritações, afinal ela absorve mais facilmente o que é colocado sobre ela por ser mais fina e sensível.

O sistema imunológico é imaturo na infância, a chance de desenvolver uma dermatite (alergia) de contato é maior quando elas são expostas a substâncias precocemente ou até mesmo câncer. Mas  podem só aparecer na vida adulta, poderão repentinamente surgir irritações nas mãos, rosto, pescoço, pálpebras e outras regiões por levar a mão a esses locais.


Muitos adultos apresentam alergia a esmalte por ter terem iniciado o contato precoce com os alérgenos contidos nele. Como o tolueno, DBP ( dibutilftalato) e formaldeídos. Portanto, NÃO se deve usar esses produtos em crianças. O ideal é usar apensa na adolescência. 

Devemos conversar com nossas pequenas, dependendo da idade, que o uso dos esmaltes deve ser apenas em ocasiões especial e que é mais uma brincadeira que não precisa levar a sério. Os esmaltes liberados para as crianças, são a base de água e não devem ser retirados  com acetonas e removedores, apenas com água.

Por não possuírem solvente, o cheiro dos esmaltes infantis são bem diferentes dos esmaltes usados por adultos. Os esmaltes podem possuir gosto amargo para evitar a ingestão acidental pelas crianças e a cada tonalidade deve ser testada para avaliar o seu potencial de irritação. No rótulo deve constar orientações e advertências de uso.

Os hipoalergênicos são livres dessas principais substâncias causadoras de alergia, mas eles também podem causar reações. Por isso não se recomendam o uso desses em crianças. Algumas dicas para cuidar das unhas da crianças são:

  • Limpar as unhas e habituar a criança a lavar as mãos.
  • Cortar as unhas retas.
  • Usar hidratante infantil
  • Verificar se a criança rói as unhas ou a pele em volta das unhas.
  • Quando frequentar o salão de beleza levar seu material.Lixas, tesouras e etc...
  • Não retirar as cutículas pois elas fazem parte da proteção natural contra infecções.
Importante lembras que até os dois anos a criança está na fase oral e leva tudo a boca e o indicado é não passar nem os infantis. É isso pessoal primeiro vamos cuidar da saúde e depois na hora certa da vaidade.


Até logo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário